Loading...

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

FORMAÇÃO NO MÉTODO GROWING UP

MAIS UMA TURMA FARÁ A FORMAÇÃO NO MÉTODO GROWING UP NOS DIAS 20/01, 21/01, 22/01 E 23/01. NÃO PERCA ESSA OPORTUNIDADE! LIGUE PARA 24373747 E VENHA LOGO!

44 comentários:

  1. Olá, infelizmente perdi a oportunidade da formaçao, pois faço mediação e seria uma ótimo aperfeiçoamento . Gostaria de saber sobre próximas turmas de formação.

    ResponderExcluir
  2. ORIENTAÇÕES DE ACESSO AO GOOGLE. CONFIRA A VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES.....



    1 – Procurar no Google “ESTELIONATÁRIOS E GOLPISTAS LUIZ ADEMIR SOUZA E LENY MARA SOUZA (+ ou – 3ª ou 4ª página do Google.

    2 - procurar no Google UNI-A (Universidade Corporativa das Américas) dos Estelionatários Luiz Ademir e Leny Mára; funcionava no Campo Grande ao lado do Hotel da Bahia e a chancela/convênio era da FACINE - Faculdade ISAAC NEWTON do também Estelionatário André Luiz de Ambrósio Pinto). A UNI-A deixou um rombo de R$25.000,00 com o locador JOSÉ ABILIO SILVA (verificar número de processo abaixo) ; quase 20.000 de dívidas em Hotéis de Salvador e débitos volumosos com empregados e empresas de telefonia fixa (basta verificar no Google os números de telefone da empresa na época; nenhum existem mais. Deixou muitos alunos a ver navios e de forma irregular alguns se matricularam em outras Instituições. E o dono da FACINE lesou centenas de professores e alunos.



    3 – procurar no Google AFONSO SANTANA DE MIRANDA ( proprietário da FACIBA) que teve convênio com a empresa CEMPRE (Centro de Pós Graduação do Recôncavo)de propriedade dos Estelionatários Luiz Ademir e Leny Mara que funcionou no Ed. Martins Catharino no Relógio de São Pedro em 2004. Afonso Miranda também foi preso como Estelionatário em dezembro de 2012; comparsa de Luiz Ademir em falsificação de documentos de terrenos públicos e propriedades privadas..



    4 – procurar no Google UNC e UNR faculdades irregulares que teve convênio na época 2000 a 2001 com a UNEB, FACULDADE DE EDUCAÇÃO MONTENEGRO e FACULDADE DE JEQUIÉ e deram um golpe nessas três instituições e não foram punidos ainda por causa de manobras judicias;


    5 – procurar no Google pelo nome dos dois Estelionatários e verão a quantidade de processos judiciais que estão à revelia ou manobras de seus advogados. A Estelionatária Leny Mára nunca aparece mais assina em baixo das falcatruas do estelionatário Luiz Ademir Souza. E para concluir a Leny Mara conseguiu colocar para trabalhar na UNEB seu filho que não é concursado. Isso não é Nepotismo ? (obs: o nome dele é Diego cerqueira Souza).


    6– verificar também no Google que o nome dos dois golpistas aparece como reitor e próreitor de dezenas de faculdades que não existem na Bahia; para consequentemente realizar vendagem de Diplomas e certificados falsos.

    ResponderExcluir
  3. NOVO GOLPE NA BAHIA - Os Estelionatários LUIZ ADEMIR CERQUEIRA SOUZA (UNIBERO/UNI-A/RECON/CONTEMP EDITORA/UNC/UNR/ETC....) e LENY MARA CERQUEIRA SOUZA que usa o privilégio de ser servidora do (Departamento de Educação I da UNEB) dão virtuosos golpes na comunidade da Bahia e agora abrindo contas em nomes de laranjas para compra de imóveis e veículos novos ; com envolvimento de Gerentes da CAIXA ECONÔMICA FEDERAL-

    ResponderExcluir
  4. NOVO GOLPE NA BAHIA - Os Estelionatários LUIZ ADEMIR CERQUEIRA SOUZA (UNIBERO/UNI-A/RECON/CONTEMP EDITORA/UNC/UNR/ETC....) e LENY MARA CERQUEIRA SOUZA que usa o privilégio de ser servidora do (Departamento de Educação I da UNEB) dão virtuosos golpes na comunidade da Bahia e agora abrindo contas em nomes de laranjas para compra de imóveis e veículos novos ; com envolvimento de Gerentes da CAIXA ECONÔMICA FEDERAL-



    ____________________________________

    A fraude é realizada da seguinte forma: Os estelionatários usam os próprios parentes (filhos, sobrinhos, amigos da família, etc...), alguns que nem trabalham e outros que são assalariados; passando a fraudar contra cheques altíssimos para abrir créditos em bancos e obter empréstimos e depois as financeiras ficam a ver navios. Os estelkionatários continuam a vender certificados de pós graduação tranquilamente sem ninguém descobrir; asa autoridades competentes devem verificar nos comprovantes de títulos acadêmicos em cadastramento, verificar o n° de protocolo do certificado e das folhas da Instituição e logo verá que a veracidade desse certificado é falso; principalmente quem passa em concursos públicos da área de educação. o MEC., POLICIA FEDERAL e MINISTÉRIO PÚBLICO deveriam prender esses dois golpistas e verificar todas as falcatruas. Os estelionatários Luiz Ademir Souza e Leny Mara Souza são irmãos conhecidos da bandidagem educacional e todos eles auto se promovem. A golpista da Leny Mara por exemplo só tem a graduação porque os outros certificados que ela tem no cadastro da UNEB são todos falsos e nem um concluido e quem dirás o bandidão do Luiz Ademir Souza ( esse então era para estar preso desde as décadas passadas o famoso DR. DA BANDIDAGEM que também só tem graduação e isso mesmo porque na´época comprou os professores para obter o certificado e as demais titulações acadêmicas são todas forjadas e fraudadas. Imagem o que esse talzinho do Luiz Ademir diz que é, Dr: Educador Físico, Advogado, Desembargador, Teólogo, etc.......kkkkkkkkk só pode ser pidada. Já pensou Bahia se esse bandido abrir um templo aqui em Salvador ? A esposa coitada: Maristela Menezes Cerqueira (diretora do Colégio Ursula Catarino) também passou no concurso e apresentou inúmeros certificados falsos de titulações acadêmicas conseguidos pelo estelionatário do Luiz Ademir Souza e os filhos coitados já têm inúmeros cheques sem fundos na praça.

    ResponderExcluir
  5. ATENÇÃO MINISTÉRIO PÚBLICO, POLÍCIA FEDERAL e POLICIA CIVIS

    Gerente de Atendimento da CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - Agência: Relógio de São Pedro - recebe propina para facilitar financiamento de carros e imóveis a parentes e laranjas dos Estelionatários e Golpistas Luiz Ademir Cerqueira Souza ( da UNIP - UNIBERO Polo Salvador, Maristela de Santana Menezes Cerqueira Souza (vice diretora Colégio Ursula Catarino) e Leny Mara Cerqueira Souza (UNEB - Departamento 1 de Educação).

    Esses quadrilheiros estão falsificando documentos e contra-cheques para obter imóveis, carros e empréstimos em nomes dos filhos e amigos pessoais. Leny Mara Souza e Luiz Ademir Souza já são conhecidos desde 2001; quando vem lesando inúmeros estudantes com certificados falsos e convênios irregulares de Instituições Acadêmicas.

    ResponderExcluir
  6. AVISO A DIREÇÃO DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL E EX ALUNOS DA UCSAL

    Atenção MINISTÉRIO PÚBLICO E POLICIA FEDERAL !!! A quadrilha de Estelionatários; entre eles os chefes: LUIZ ADEMIR SOUZA (da UNIBERO / UNIP Polo Salvador ); a burra e golpista LENY MARA SOUZA ( professora da UNEB, que vergonha – os alunos sabem que ela não tem metodologia e nem didática acadêmica nenhuma); ANDRÉ LUIS AMBRÓSIO PINTO (Faculdade Falida Issac Newton) e a Diretora da Escola Estadual Ursula Catarino (MARISTELA DE SQANTANA MENEZES CERQUEIRA SOUZA),seus filhos e sobrinhos todos golpistas, picaretas e estelionatários... estão abrindo contas especiais para financiamento de imóveis e carros na agência da Caixa Econômica Federal do Relógio de São Pedro com contra cheques e documentos falsos contando com o aval de dois gerentes de atendimento amigos da quadrilha em troca eles oferecem certificados falsos de cursos de pós graduação ou bolsas do mesmo e continuam lesando estudantes de pós graduação na Bahia,; oferecendo cursos e no decorrer repassam para outras Instituições com preços mais altos e muitos deles que não podem mais pagar pelo mesmo perdem tempo e dinheiro. Já pensou se isso acontecesse com os filhos de vcs ? O Estelionatário do LUIZ ADEMI SOUZA e sua quadrilha é envolvida também com ondas de terrenos invadidos com documentos falsos na Região Metropolitana de Salvador e já vendeu vários deles em parceria com o também estelionatário AFONSO SANTANA DE MIRANDA (da FACIBA); que foi também preso em dezembro de 2013 pelo mesmo delito. As manobras dos advogados deles fazem com que os mesmos estejam sempre fora das grades e na realidade pela quantidade de pessoas que lesou já era para estarem presos. Outro integrante da Quadrilha é LUIS ANSELMO MARQUES MALAQUIAS(agiota proprietário de fachada da livraria Doce Livro) localizada na Av. Silveira Martins no Cabula. A livraria tem seguranças policiais para acobertar a agiotagem frequente a mais de 10 anos e as autoridades não tomam providencias da situação. Lamentavel as autoridades da Bahia que não tomam as devidas providencias.... Queria que o Ministério Público também verificasse que as seguintes pessoas abaixo; todas elas têm certificados de Psicanalístas e Doutorado em Educação Física; São eles:
    - JOSÉ AUGUSTO MACIEL TORRES (picareta de primeira linha e estelionatário com mais de 100 cheques sem fundos na praça) e cheio de empresa em Salvador devendo a todo mundo.
    - AFONSOSANTANA DE MIRANDA (Estelionatário, preso no final do ano passada envolvido com falsificação)
    - LUIZ ADEMIR SOUZA (Dr. Da BANDIDAGEM – se auto se promove e não tem Doutorado nenhum verdadeiro – todos os certificados acadêmicos falsificados e comprados)
    - ANDRÉ LUIS AMBRÓSIO PINTO (Picaretão; já foi preso mais de 4 vezes em vários Estados e inclusive era sócio do estelionatário Luiz Ademir Souza)
    - LENY MARA CERQUEIRA SOUZA (estelionatária e golpista; Carteira de radialista falsa e certificados de pós graduação falsos entregues ao RH da UNEB)

    ResponderExcluir
  7. Como este blog permite que se coloque tais comentários que difamatórios e injuriosos aos profissionais acima? Melhor conhecer sobre o Direito Eletrônico. O código hoje, portanto, visa proteger amplamente aquele que sofreu um evento danoso, pois antigamente o causador escondia-se pelo manto da responsabilidade subjetiva, principalmente nos casos em que a imputação da culpa era complicada, muitas vezes devido à própria sistemática da prática dos atos, o que levava muitas vezes a uma eximição da indenização. Desta forma veio a evolução do Direito, com a teoria do risco, determinando que o agente do dano deve responder pelos atos praticados, independente da existência de culpa, quando a atividade exercida por este trouxer risco ao direito de outras pessoas

    ResponderExcluir
  8. Seguindo o raciocínio, imperioso a leitura do artigo 927 do Código Civil:
    Art. 927. Aquele que, por ato ilícito (arts. 186 e 187), causar dano a outrem, fica obrigado a repará-lo.
    Parágrafo único. Haverá obrigação de reparar o dano, independentemente de culpa, nos casos especificados em lei, ou quando a atividade normalmente desenvolvida pelo autor do dano implicar, por sua natureza, risco para os direitos de outrem.
    De acordo com o Código Civil, através do dispositivo citado, a responsabilidade objetiva deve ser aplicada além dos casos previstos em lei, também a todos os casos quando “a atividade normalmente desenvolvida pelo autor do dano implicar, por sua natureza, risco para os direitos de outrem”. Assim, só há uma conclusão a se chegar, ao analisar o caso concreto, o juiz pode e deve definir como responsabilidade objetiva o causador de determinado dano, independentemente de haver culpa.

    ResponderExcluir
  9. CRIME CIBERNETICO
    ESCRITOR SE DEFENDE – o jornalista e escritor internacional Luiz Ademir Souza,
    autor do best-seller ´Maristela´, romance 14a edição prefaciada por Jorge Amado, atual chanceler para o Brasil da Unibero-Ibam Universidade Ibero-Americana, se defende e oprocessa o irmão `adotivo` por extorsão


    LELIVALDO CERQUEIRA,
    VULGO LELI CERQUEIRA, DESEMPREGADO,
    DÁ GOLPE NA PRAÇA E RESPONDERÁ POR CRIME DE EXTORSÃO
    JUNTAMENTE COM A AESB
    O chamado diretor regional da AESB Lelivaldo Cerqueira, vulgo Leli Cerqueira, está envolvido em crimes cibernéticos contra o próprio irmão - o prof. dr. Luiz Ademir Cerqueira Souza. A situação já está aos cuidados da policia civil da Bahia e Justiça Criminal (em segredo de Justiça, porque o acusado está sendo procurado por ter em aberto vários mandados de prisão, inclusive precatória do RJ, por roubo de cheques).

    Fichado na Policia da Bahia desde 87, como ladrão e batedor de carteira no centro de Salvador (rua Carlos Gomes e Av. Sete), mais de dez outras vezes preso em Salvador por roubo, detido também em Feira de Santana por estelionato e roubo de cheques, falsificador de documentos e de assinaturas de todo a família Cerqueira Souza, sua própria família fora vítima (deu golpes em seus irmãos, todos eles, Luiz Ademir, Leda, Leny e Lucy e na própria mãe dele, dona Nilza, hoje falecida, somando tudo não dá menos de um milhão) de forma assustadora.

    A atitude do bandido Leli Cerqueira surpreende a todos porque sempre quem o tirou das cadeias (a pedido da mamãe), inclusive pagando fiança, foi o prof. Luiz Ademir – com o intuito de ajudá-lo a recuperar-se -, e o que ele recebe de presente do irmão bandido é exatamente a preocupação dele em tentar destruí-lo moral, social, artística e profissionalmente com matérias inverídicas e tenebrosas postadas na internet.

    Procurem informar-se antes de contratar alguém em seus quadros diretivos. Todo cuidado é pouco - não se sabe como a AESB deu ao meliante Lelivaldo Cerqueira de Souza a chance de ser um dos diretores da AESB. A Bahia está em pânico.

    A AESB está correndo risco de morte – as autoridades drs. José Augusto, Luis Malaquias, Afonso Miranda, Maristela Menezes, Leny Mara Souza, Diego Aric, Pedro e Pedro, Mariah Thidó, Bisa Marcelino, Paulo Miguel, Queiroz, Alex Bispo, todos vítimas, e mais de dez grandes nomes já estão com ação apontadas para o meliante e seus comparsas. Os crimes são grandes – roubo, assalto, danos morais- internet -, ameaças de morte... veja que perigo!.

    Da parte do escritor Luiz Ademir todas as providências já estão sendo tomadas para prendê-lo, entrando também com ação contra a AESB por estar conivente com esse bandido já há muito procurado pela polícia. Só para Luiz Ademir a AESB vai ter que desembolsar 20 milhões por danos morais, porque se trata de um escritor internacional, com grandes lançamentos no Brasil e exterior.

    AESB - Associação de Ensino Superior do Brasil
    Presidente: Prof. Manoel Alcântara Luckesi (RJ) - de 2008 a atual
    Superintendente: > Prof. Dr. Antonio Carlos Lisboa (SP) - de 2008 a atual
    Diretoria Regional São Paulo: Prof. Firmino Tabuada Luckesi - de 2013 a atual
    Vice Diretoria Regional São Paulo: Profa. Vera Amoedo - de 2008 a atual
    Coordenadoria Regional Rio de Janeiro: Prof. Filemon Adam
    Coordenação Regional Bahia: Prof. Lelivaldo Cerqueira de Souza - de 2013 a atual
    Vice Coordenador Regional Bahia: Prof. Carlos Antonio Cabral - de 2013 a atual

    ResponderExcluir
  10. GOLPISTA & ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA CONTINUA VENDENDO DIPLOMAS FALSOS DE PÓS GRADUAÇÃO.... " LUIZ ADEMIR SOUZA É CONHECIDO NA ÁREA ACADÊMICA COMO * TERROR DA EDUCAÇÃO & LITERATURA BAIANA * "


    O Ministério Público Federal em parceria com as policias Civil e Federal da Bahia já estão de prontidão investigando a emissão (VENDA CLANDESTINA) de certificados de pós graduação emitidos pelo estelionatário e golpista LUIZ ADEMIR SOUZA (que se diz Drº, Desembargador e Chanceler); todos esse título é da BANDIDAGEM. O marginal tem 18 empresas fantasmas em nome de laranjas e somente 9 delas está com o mesmo endereço que é sua residência localizada no Edificio Vila do Campo –ap. 210 – Largo do Campo Grande. Fraudes, estelionatos e formação de quadrilha engorda o currículo desse destruidor de sonhos acadêmicos..... Dirigentes de algumas principais Universidades Públicas e Privadas já estão sendo alertados em relação a centenas de Certificados Falsos nos seus arquivos da UNES – UNIVERSIDADE DO SERTÃO que é de propriedade do marginal Luiz Ademir Souza (EMPRESA TEM CNPJ MA NÃO EXISTE). A inteligência do bandido também falha; porque todos os certificados que foram vendidos têm a grade de docentes “ FALSA “; ou seja, nenhum professor que consta no verso do Certificado existe e as pessoas que assinam pelo certificado é ele o próprio estelionatário; inclusive falsificando a assinatura da própria irmã que nem sabia que o nome dela constava nessa fraude. As Universidades que mais têm Certificados falsos são a UNEB – Universidade do Estado da Bahia e tantas outras. Atualmente, o meliante vem iludindo alunos na empresinha chamada UNIBERO – Universidade Íbero Americana que de americanizada não tem nada. Esse marginal auto se promove nas redes sociais; mas, ninguém de credibilidade fala bem dele porque “LUIZ ADEMIR SOUZA” é o TERROR DA LITERATURA E EDUCAÇÃO DA BAHIA -, todos tem ciência disso..... Iremos postar a cópia de um desses Certificados daqui para sexta feira; conforme uma fonte que nos enviará. No Certificado falso consta todas essas informações denunciadas por esse informativo.

    Dados do Processo


    Processo:0319291-75.2012.8.05.0001

    Classe:Inquérito Policial

    Área: Criminal

    Assunto:Disposição de coisa alheia como própria / roubo
    Local Físico:22/03/2012 10:13 - Gabinete
    Distribuição:Sorteio - 14/03/2012 às 10:55
    11ª Vara Criminal - Salvador
    Controle:2012/000129
    Dados da Delegacia:Inquérito Policial nro. 073/2012 - DREOF - DELEGACIA DE REPRESSÃO A ESTELIONATO - Salvador-BA

    Exibindo Somente as principais partes. >>Exibir todas as partes.
    Partes do Processo
    Autora: Ministério Público do Estado da Bahia
    Indiciado: Luiz Ademir Cerqueira Souza
    Vítima: R. F. L.


    Autora: Ministério Público do Estado da Bahia
    Indiciado: Luiz Ademir Cerqueira Souza
    Vítima: R. F. L.
    Vítima: G. P. F.


    Movimentações
    DataMovimento



    22/03/2012Concluso para despacho
    Tipo de local de destino: Juiz Especificação do local de destino: José Reginaldo Costa Rodrigues Nogueira
    22/03/2012Recebidos os autos
    14/03/2012Remetidos os Autos
    Tipo de local de destino: Cartório Especificação do local de destino: 11º Cartório Criminal
    14/03/2012Processo distribuído por sorteio

    ResponderExcluir
  11. LELI CERQUEIRA É MELIANTE FICHADO
    BRISA MARCELINO, TATIANE TEIXEIRA, CELIA TANAJURA E LUIZ ADEMIR SÃO TODOS VITIMAS DE LELI CERQUEIRA
    A POLICIA DA BAHIA, DELEGACIA de Crimes Cibernéticos, está de Prontidão firmada para pegar Lelivaldo Cerqueira de Souza, vulgo Leli Cerqueira da falsa empresa LL Produções por extorsão. Grandes nomes e autoridades que o estão seguindo nesses falsos eventos, sem cadastro e/ou registro, já estão com imagens prejudicas associadas a ele. Isso porque ele é estelionatário, e todos vão ter que responder por conivência. São alguns deles - Laerton Andrade de Lima, Patricia Miller, Priscila Santiago (Miss Bahia) DJ Carlinhos Zobaida, Ludmillah Anjos, Sudário Aguiar Cunha, Julio Cesar Habib, Eunice Espínola, Susane Maranduba, Wanda Godinho Mendes, Pedro Canisio, Carolina Lima, Yula Braga, Luana Monalisa,JESSICA SENRA, Norma Pereira, Edner Machado, Neide Bacelar, Angélica Godinho, Wanda G. Mendes, Ana Luiz Godinho, Germano Machado (do Cepa), Gabriel Lima, Natália Germinal...

    E ainda, Jessica Povoas, Janaina Silva, Liliam Beatriz e Sther, Adalberto Pondé, Heitor Albuquerque, de Aracaju, Lisia Taboada, da G-Model, José Luiz, da Brasil Fashion, Isabela Montana, Barbara Lobo, Rita Menezes, Beatriz Cerqueira, Natalia Tavolar, Liliam Oliveira, Gabriela Correia, Ondina Borges, Iuri Gotschalk, Rita Mendes, Ana Claudia Leão, Maria Dias Andrade (Sr. do Bonfim-Ba., Michele Rocha, Elane Lima, Fayola Restaurante (de Cesar Lima - o fisco já está atras dele), Lojas do Orixás Center, entre essas a Risco de Giz (também visada pelo Fisco) Daniela Prata, Michelle Marrie, Silvio Mendes, Sun-Sun Fotografo, Miclhell Teles, Aroldo Macedo, Emerson Ferretti, Eunice Espinola, Alexandre Guedes, Marcos Pimenta, Clovis Dragne, Wilson Pinto, DJ Hercules Carvalho(da Adisba), Juca Badaró, toda diretira da AESBa... entre outros. Vale ressaltar a situação agravante: menores desfilando de forma irregular. Cadê o conselho Tutelar - é o de Sr. do Bonfim?.

    O sr. Leli Cerqueira se diz diretor de moda e professor desse área = e mentira. a LL Produção loja e editora não existência, o sr Leli nem endereço tem porque está procurado pela policia DP-Crimes Cibernéticos, é só ir procuar dr. Charles e você sabeerá tudo. E muitas mais crimes enchem a ficha desse meliante. Informe-se senão voc}ês vão para um profundo buraco negro. Veja o que ele faz com o próprio irmão Luiz Ademir Souza, escritor professor, e a irmã dele Lely Mara profa. da UNEB, tudo por extorsão, só que Luiz Ademir é conhecido pelo atrevimento e região porque não aguatava mais as peripécias do bandido.

    Tati Brandão, a que se diz mulher do Leli Cerqueira (Lelivaldo Cerqueira de Souza) quer ser modelo e se diz modelo e produtora mas não sabe de que? Não tem formação, os filhos dele também, são usados para enganar a todos. As crianças Carol Oliveira e Clara Santos tidas como top model é piada (os pais precisam reagir) e o menores filhos de Lelivaldo Cerqueira de Souza, menino Enzo Brandão (ora Brandão e Cerqueira, ora Cerqueira, e a menina Sophia Brandão, já estão no crime sem querer com mãe deles Tate Brandão, ora Tatiane Brandão Cerqueira, etc. Um desastre esta família! Cadê o Conselho Tutelar da Bahia. Ele já responde processo no conselho tutelar.

    ResponderExcluir
  12. MARCIO MAGALHAES É O PROPRIO LELI CERQUEIRA
    Luiz Ademir e Polícia
    desmascaram Leli Cerqueira
    Escritor Luiz Ademir, vitima de crime cibernético, se defende enquanto Polícia
    desmascara irmão dele Leli Cerqueira (Lelivaldo Cerqueira de Souza, dona da LL Produções Artísticas na Bahia)
    A Delegacia de Crimes Cibernéticos (DP-Complexo dos Barris), Ministérios públicos Estadual e Federal, Polícia Federal e Delegacia do Idoso, Forum Criminal (Ladeira de Santana) estão no encalço de Lelivaldo Cerqueira de Souza, vulgo Leli Cerqueira, meliante perigoso que costuma dar golpe financeiro e de estelionato em pessoas de bem em Salvador e em todo o País, inclusive está com mandado de prisão pela Justiça do RJ.
    Golpista teve seu raio de ação fechado. N]ão mais dará golpes em taxistas, a associação foi alertada, as copiadores e lanhouses idem, lojas de roupa, todas, sobretudo as do Orixás Center, etc. tudo fechado para o bandido que está em despero, passando fome sem pagar a escola dos filhos no colégio das Mercês, o nome deles é Enzo Brandão e Sofia Brandão. O Meliante mora na Av. Visc. de Itaboraí, s/n, um edificio velho, caindo aos pedaços, dado por sua mãe e a irmazinha dele, a conivente, famosa diretora do Instituo de Música da UCSal, demitida junto com o reitor... cobradores e bandidos-colegas dele podem anotar: Av. Visconde de Itaboraí, s/n - 2º anda, viz. ao Posto de Gasolina. Cobrem tudo o que ele deve.

    ResponderExcluir
  13. Leli Cerqueira mora na Av. Visc. Itaboraí, s/n vizinho ao Posto Gasolina
    Cobradores de Plantação devem se dirigir ao meliante em sua casa (doada pela mamãe dele) na av. acima, onde pode encontra-lo escondido, ou então em Nazaré proximo à pracinha, na casa da sobra. Veja mais:
    Insatisfeito com tanta ruindade, o Leli Cerqueira tentou extorquir as empresas UNC-Universidade Contemporânea, Unibero-Ibam, Universidade do Recôncavo, Universidade das Américas, a Fundação Luiz Ademir de Cultura, entre outras. É de assustar não? O professor Luiz Ademir só não está vivendo um verdadeiro inferno porque é um homem trabalhador, tem bela história profissional: teve seu primeiro empresa em 69 na Dislar, de Feira de Santana-Ba, lecionou (concursado)30 anos como titular na Universidade Católica do Salvador, Instituto de Música, trabalhou (concursado) toda a década de 70 no BNB, articulista por mais de 15 anos de A Tarde e Diário oficial da Bahia, a convite de Jorge Calmon, professor de artes do Severino Vieira, assessor do governo João Durval, participou da implantação da UNEB, TV Educativa da Bahia, Faculdade Dois de Julho, diretor fundador das empresas Contemp Editora, TV Recon Canal 25, de Cruz das Almas, Instituo de Música da UCSal, e da Universidade do Recôncavo, foi seu primeiro reitor pró-tempore.
    Associado a outros golpes Leli Cerqueira(Lelivaldo Cerqueira de Souza) é fichado como ladrão, golpista, estelionatário, de alugueres), roubo de cheques e falsificador exímio da assinatura de todos os membros da família e/ou de quem apareça.
    Desempregado, Leli Cerqueira se diz professor da UEFS e professor de moda, embora sem numa formação para nada disso, anunciando-se como diretor da AESB e da L L Produções, de eventos em Salvador.
    Lelivaldo Cerqueira de Souza, vulgo Leli Cerqueira, é um perigo para toda a sociedade enquanto sua prisão não se concretiza. O professor Luiz Ademir Souza, vítima de tudo isso, ainda teve que pedir segurança de vida – porque só falta agora ele matá-lo materialmente.

    ResponderExcluir
  14. CRIME - Leli Cerqueira tentou extorquir as empresas UNC-Universidade Contemporânea, Unibero-Ibam, Universidade do Recôncavo, Universidade das Américas, a Fundação Luiz Ademir de Cultura, entre outras. É de assustar não? O professor Luiz Ademir só não está vivendo um verdadeiro inferno porque é um homem trabalhador, tem bela história profissional: teve seu primeiro empresa em 69 na Dislar, de Feira de Santana-Ba, lecionou (concursado)30 anos como titular na Universidade Católica do Salvador, Instituto de Música, trabalhou (concursado) toda a década de 70 no BNB, articulista por mais de 15 anos de A Tarde e Diário oficial da Bahia, a convite de Jorge Calmon, professor de artes do Severino Vieira, assessor do governo João Durval, participou da implantação da UNEB, TV Educativa da Bahia, Faculdade Dois de Julho, diretor fundador das empresas Contemp Editora, TV Recon Canal 25, de Cruz das Almas, Instituo de Música da UCSal, e da Universidade do Recôncavo, foi seu primeiro reitor pró-tempore.
    Associado a outros golpes Leli Cerqueira(Lelivaldo Cerqueira de Souza) é fichado como ladrão, golpista, estelionatário, de alugueres), roubo de cheques e falsificador exímio da assinatura de todos os membros da família e/ou de quem apareça.
    Desempregado, Leli Cerqueira se diz professor da UEFS e professor de moda, embora sem numa formação para nada disso, anunciando-se como diretor da AESB e da L L Produções, de eventos em Salvador.
    Lelivaldo Cerqueira de Souza, vulgo Leli Cerqueira, é um perigo para toda a sociedade enquanto sua prisão não se concretiza. O professor Luiz Ademir Souza, vítima de tudo isso, ainda teve que pedir segurança de vida – porque só falta agora ele matá-lo materialmente.

    ResponderExcluir
  15. BRANDÃO & CERQUEIRA É GOLPE -
    LL PRODUÇÕES É GOLPE -
    LL EDITORA É GOLPE -
    LELI CERQUEIRA ESTÁ COM PRISÃO DECRETADA
    VEJA MAIS: Luiz Ademir e Polícia desmascaram Leli Cerqueira/
    Escritor Luiz Ademir, vitima de crime cibernético, se defende enquanto Polícia
    desmascara irmão ADOTIVO dele Leli Cerqueira (Lelivaldo Cerqueira de Souza, dono da LL Produções Artísticas na Bahia)
    A Delegacia de Crimes Cibernéticos (DP-Complexo dos Barris), Ministérios públicos Estadual e Federal, Polícia Federal e Delegacia do Idoso, Forum Criminal (Ladeira de Santana) estão no encalço de Lelivaldo Cerqueira de Souza, vulgo Leli Cerqueira, meliante perigoso que costuma dar golpe financeiro e de estelionato em pessoas de bem em Salvador e em todo o País, inclusive está com mandado de prisão pela Justiça do RJ.

    Lelivaldo Cerqueira de Souza (Leli Cerqueira), em breve resumo, tem feito ´miserê´ total, expondo a família Souza a vexames sociais, tendo como grande vítima o próprio irmão, só a esse irmão Luiz Ademir Cerqueira Souza, reconhecido profissional competente da educação e das artes como renomado escritor Luiz Ademir Souza, vem querendo causar danos morais de toda ordem.

    Na década de 80, ainda quando o dito cujo trabalhava na Contemp Editora, deu três golpes terríveis, nas décadas seguintes outras armações fizeram com que o professor retornasse da Alemanha para resolver tais questões, e fechasse a editora. O restaurante Tenda do Tecô, dos Barris, sofrera golpe logo no dia da inauguração... Em outra empresa do educador, a UNC, subtraiu computadores e acusou o vigilante, em 2006, assaltou a sua pousada Itapuã Golden INN, levando tudo, até os tapetes dos quartos e sanitários, destruindo o projeto da Fundação Luiz Ademir de Cultura, o de hospedar estrangeiros ligados à educação e cultura, com apoio do governo alemão. Esse irmão ´adotivo´ - porque um irmão desse ninguém quer ter – cultiva um ódio mortal por Luiz Ademir Souza.

    Nenhum membro e/ou parente sabe explicar. Agora ele reapareceu ´internetizado´ usando outros nomes para prejudicá-lo através das redes sociais. Descobertas as farsas, Luiz Ademir e Polícia desmascararam todo o seu esquema de maldade. Tereza Santos e Brisa Marcelino foram também suas grandes vítimas porque ele usou o nome delas para tentar desmoralizar o escritor com infâmias e ainda envolvendo nomes como o de José Augusto Maciel Torres, Celia Tanajura, Luis Malaquias, da Doce Livro, Demir Gomes, Afonso Miranda, da Faciba, Paulo Miguel Brandão de Souza, Raimundo Queiroz, a própria irmã Lely Mara Cerqueira Souza, a quem ele ofende sem piedade, e mais de vinte outros nomes de profissionais ligados do professor e jornalista Luiz Ademir Souza sofreram algum tipo de extorsão.

    ResponderExcluir
  16. LELI CERQUEIRA (Lelivaldo Cerqueira de Souza) É O HACKER Márcio Magalhães - deu golpe em Brisa Marcelino e em Tereza Santos - O delegado dr. Charles da DP Crimes Cibernéticas já o convocou.
    BRANDÃO & CERQUEIRA É GOLPE -
    LL PRODUÇÕES É GOLPE -
    LL EDITORA É GOLPE -
    LELI CERQUEIRA ESTÁ COM PRISÃO DECRETADA
    VEJA MAIS: Luiz Ademir e Polícia desmascaram Leli Cerqueira/
    Escritor Luiz Ademir, vitima de crime cibernético, se defende enquanto Polícia
    desmascara irmão ADOTIVO dele Leli Cerqueira (Lelivaldo Cerqueira de Souza, dono da LL Produções Artísticas na Bahia)
    A Delegacia de Crimes Cibernéticos (DP-Complexo dos Barris), Ministérios públicos Estadual e Federal, Polícia Federal e Delegacia do Idoso, Forum Criminal (Ladeira de Santana) estão no encalço de Lelivaldo Cerqueira de Souza, vulgo Leli Cerqueira, meliante perigoso que costuma dar golpe financeiro e de estelionato em pessoas de bem em Salvador e em todo o País, inclusive está com mandado de prisão pela Justiça do RJ.

    Lelivaldo Cerqueira de Souza (Leli Cerqueira), em breve resumo, tem feito ´miserê´ total, expondo a família Souza a vexames sociais, tendo como grande vítima o próprio irmão, só a esse irmão Luiz Ademir Cerqueira Souza, reconhecido profissional competente da educação e das artes como renomado escritor Luiz Ademir Souza, vem querendo causar danos morais de toda ordem.

    Na década de 80, ainda quando o dito cujo trabalhava na Contemp Editora, deu três golpes terríveis, nas décadas seguintes outras armações fizeram com que o professor retornasse da Alemanha para resolver tais questões, e fechasse a editora. O restaurante Tenda do Tecô, dos Barris, sofrera golpe logo no dia da inauguração... Em outra empresa do educador, a UNC, subtraiu computadores e acusou o vigilante, em 2006, assaltou a sua pousada Itapuã Golden INN, levando tudo, até os tapetes dos quartos e sanitários, destruindo o projeto da Fundação Luiz Ademir de Cultura, o de hospedar estrangeiros ligados à educação e cultura, com apoio do governo alemão. Esse irmão ´adotivo´ - porque um irmão desse ninguém quer ter – cultiva um ódio mortal por Luiz Ademir Souza.

    ResponderExcluir
  17. O BANDIDO LELI CERQUEIRA É O MESMO MARCIO MAGALHAES
    Daniela Prata e outros são enganados com titulação falsa
    - Laerton Andrade de Lima, Patricia Miller, Priscila Santiago (Miss Bahia) DJ Carlinhos Zobaida, Ludmillah Anjos, Sudário Aguiar Cunha, Julio Cesar Habib, Eunice Espínola, Susane Maranduba, Wanda Godinho Mendes, Pedro Canisio, Carolina Lima, Yula Braga, Luana Monalisa,JESSICA SENRA, Norma Pereira, Edner Machado, Neide Bacelar, Angélica Godinho, Wanda G. Mendes, Ana Luiz Godinho, Germano Machado (do Cepa), Gabriel Lima, Natália Germinal...

    E ainda, Jessica Povoas, Janaina Silva, Liliam Beatriz e Sther, Adalberto Pondé, Heitor Albuquerque, de Aracaju, Lisia Taboada, da G-Model, José Luiz, da Brasil Fashion, Isabela Montana, Barbara Lobo, Rita Menezes, Beatriz Cerqueira, Natalia Tavolar, Liliam Oliveira, Gabriela Correia, Ondina Borges, Iuri Gotschalk, Rita Mendes, Ana Claudia Leão, Maria Dias Andrade (Sr. do Bonfim-Ba., Michele Rocha, Elane Lima, Fayola Restaurante (de Cesar Lima - o fisco já está atras dele), Lojas do Orixás Center, entre essas a Risco de Giz (também visada pelo Fisco) Daniela Prata, Michelle Marrie, Silvio Mendes, Sun-Sun Fotografo, Miclhell Teles, Aroldo Macedo, Emerson Ferretti, Eunice Espinola, Alexandre Guedes, Marcos Pimenta, Clovis Dragne, Wilson Pinto, DJ Hercules Carvalho(da Adisba), Juca Badaró, toda diretira da AESBa... entre outros. Vale ressaltar a situação agravante: menores desfilando de forma irregular. Cadê o conselho Tutelar - é o de Sr. do Bonfim?.

    ResponderExcluir
  18. UNEB-Cabula E MARROM (TV Bahia) LEVAM GOLPE DE LELI CERQUEIRA / E OUTROS COLEGAS DELE TAMBÉM, INCLUSIVE NEUZA BORGES, GERMANO MACHADO, SUDÁRIO CUNHA, AESB, UNEB, VITIMAS DE LELI CERQUEIRA
    siga: - Laerton Andrade de Lima, Patricia Miller, Priscila Santiago (Miss Bahia) DJ Carlinhos Zobaida, Ludmillah Anjos, Sudário Aguiar Cunha, Julio Cesar Habib, Eunice Espínola, Susane Maranduba, Wanda Godinho Mendes, Pedro Canisio, Carolina Lima, Yula Braga, Luana Monalisa,JESSICA SENRA, Norma Pereira, Edner Machado, Neide Bacelar, Angélica Godinho, Wanda G. Mendes, Ana Luiz Godinho, Germano Machado (do Cepa), Gabriel Lima, Natália Germinal...

    E ainda, Jessica Povoas, Janaina Silva, Liliam Beatriz e Sther, Adalberto Pondé, Heitor Albuquerque, de Aracaju, Lisia Taboada, da G-Model, José Luiz, da Brasil Fashion, Isabela Montana, Barbara Lobo, Rita Menezes, Beatriz Cerqueira, Natalia Tavolar, Liliam Oliveira, Gabriela Correia, Ondina Borges, Iuri Gotschalk, Rita Mendes, Ana Claudia Leão, Maria Dias Andrade (Sr. do Bonfim-Ba., Michele Rocha, Elane Lima, Fayola Restaurante (de Cesar Lima - o fisco já está atras dele), Lojas do Orixás Center, entre essas a Risco de Giz (também visada pelo Fisco) Daniela Prata, Michelle Marrie, Silvio Mendes, Sun-Sun Fotografo, Miclhell Teles, Aroldo Macedo, Emerson Ferretti, Eunice Espinola, Alexandre Guedes, Marcos Pimenta, Clovis Dragne, Wilson Pinto, DJ Hercules Carvalho(da Adisba), Juca Badaró, toda diretira da AESBa... entre outros. Vale ressaltar a situação agravante: menores desfilando de forma irregular. Cadê o conselho Tutelar - é o de Sr. do Bonfim?.

    ResponderExcluir
  19. Leli Cerqueira é estelionatário e vai ser preso
    A BAHIA CORRE PERIGO - VEJA MAIS: MELIANTE HACKER
    É Leli Cerqueira
    COM ORIENTAÇÃO DA POLÍCIA,
    Luiz Ademir se defendeu através da mídia-internet e aguardou os resultados e aí a confirmação se deu: pegou o marginal LELI CERQUEIRA (LELIVALDO CERQUEIRA DE SOUZA) na boca da botija - É O MELIANTE HACKER QUE QUER DESTRUI-LO ATRAVÉS DA INTERNET

    HÁ DOIS ANOS LUIZ ADEMIR VIVERESSA AGONIA - O IRMÃO ADOTIVO LELI CERQUEIRA NÃO O QUER DEIXAR EM PAZ DEPOIS DA MORTE DA MÃE DONA NILZA CERQUEIRA DE SOUZA
    E se há golpes foram os dados por ele daí ser expulso da UNC como ladrão em 2000, ser denunciado como ladrão da Itapuâ Golden (após roubar o hotel com todos os pertences, em 2005, levando o irmão Luiz Ademir a infartar), a dar golpes em vários hotéis, inclusive foi preso dentro do Praiamar, em 91, foi preso na DP de Turismo, pela delegada Mustapha, há uma relação de crimes imensa na policia e qualquer um poderá obter, entre outros terríveis golpes que têm dado na família, falsificado assinaturas, etc.


    ResponderExcluir
  20. UNEB CORRE PERIGO - LUIZ ADEMIR SE DEFENDE DELE /
    LELI CERQUEIRA ATACA DE NOVO E QUER ENVOLVER SEU IRMÃO -
    Em tempo - Leli Cerqueira foi preso em 89 em Feira de Santana, na casa de dona Maria e de seu Nelito por roubar todos os cheques da familia e falsificar assinatura e sacar todo o dinheiro. Vejo queixas na Policia de Feira. Atualmente se diz professor da UEFS (Universidade Estadual de Feira de Santana) sem nunca ter estado lá. Um grandicíssimo desempregado que precisa de ajuda para se tratar. É um doente. Conseguiu destruir Brisa Marcelino e levar a mãe dela Tereza dos Santos à morte em 2015, por sofrer crime de extorsão.

    Carlos Monteiro Jr, Feira-Ba
    PARA LUIZ ADEMIR SOUZA o assunto agora é com a policia e o ministério público, para o que reuniu mais de 50 nomes (alunos professores, proprietários de imóveis - a maioria tendo com fiadores Leny Mara e ele próprio nestes 20 anos) a fim de fortalecer o processo contra o mesmo, todos vitimas dos seus golpes. Todos os irmãos sofreram golpes do meliante e são eles - Luiz Ademir Cerqueira Souza, diretor geral da UNIP-Salvador, na Bahia, Leda Maragarida Cerqueira Souza, ex-IMUCSAL, Leny Mara Cerqueira Souza (e várias colegas já notificadas pelo Delegado), Lucia Maria Cerqueira de Souza e a mãe dele Nilza Cerqueira de Souza. Todos vítimas. Além de parentes!

    ResponderExcluir
  21. UNEB CORRE PERIGO - LUIZ ADEMIR SE DEFENDE DELE /
    LELI CERQUEIRA ATACA DE NOVO E QUER ENVOLVER SEU IRMÃO -
    Em tempo - Leli Cerqueira foi preso em 89 em Feira de Santana, na casa de dona Maria e de seu Nelito por roubar todos os cheques da familia e falsificar assinatura e sacar todo o dinheiro. Vejo queixas na Policia de Feira. Atualmente se diz professor da UEFS (Universidade Estadual de Feira de Santana) sem nunca ter estado lá. Um grandicíssimo desempregado que precisa de ajuda para se tratar. É um doente. Conseguiu destruir Brisa Marcelino e levar a mãe dela Tereza dos Santos à morte em 2015, por sofrer crime de extorsão.

    Carlos Monteiro Jr, Feira-Ba
    PARA LUIZ ADEMIR SOUZA o assunto agora é com a policia e o ministério público, para o que reuniu mais de 50 nomes (alunos professores, proprietários de imóveis - a maioria tendo com fiadores Leny Mara e ele próprio nestes 20 anos) a fim de fortalecer o processo contra o mesmo, todos vitimas dos seus golpes. Todos os irmãos sofreram golpes do meliante e são eles - Luiz Ademir Cerqueira Souza, diretor geral da UNIP-Salvador, na Bahia, Leda Maragarida Cerqueira Souza, ex-IMUCSAL, Leny Mara Cerqueira Souza (e várias colegas já notificadas pelo Delegado), Lucia Maria Cerqueira de Souza e a mãe dele Nilza Cerqueira de Souza. Todos vítimas. Além de parentes!

    ResponderExcluir
  22. UNEB CORRE PERIGO - LUIZ ADEMIR SE DEFENDE DELE /
    LELI CERQUEIRA ATACA DE NOVO E QUER ENVOLVER SEU IRMÃO -
    Em tempo - Leli Cerqueira foi preso em 89 em Feira de Santana, na casa de dona Maria e de seu Nelito por roubar todos os cheques da familia e falsificar assinatura e sacar todo o dinheiro. Vejo queixas na Policia de Feira. Atualmente se diz professor da UEFS (Universidade Estadual de Feira de Santana) sem nunca ter estado lá. Um grandicíssimo desempregado que precisa de ajuda para se tratar. É um doente. Conseguiu destruir Brisa Marcelino e levar a mãe dela Tereza dos Santos à morte em 2015, por sofrer crime de extorsão.

    Carlos Monteiro Jr, Feira-Ba
    PARA LUIZ ADEMIR SOUZA o assunto agora é com a policia e o ministério público, para o que reuniu mais de 50 nomes (alunos professores, proprietários de imóveis - a maioria tendo com fiadores Leny Mara e ele próprio nestes 20 anos) a fim de fortalecer o processo contra o mesmo, todos vitimas dos seus golpes. Todos os irmãos sofreram golpes do meliante e são eles - Luiz Ademir Cerqueira Souza, diretor geral da UNIP-Salvador, na Bahia, Leda Maragarida Cerqueira Souza, ex-IMUCSAL, Leny Mara Cerqueira Souza (e várias colegas já notificadas pelo Delegado), Lucia Maria Cerqueira de Souza e a mãe dele Nilza Cerqueira de Souza. Todos vítimas. Além de parentes!

    ResponderExcluir
  23. UNEB CORRE PERIGO - LUIZ ADEMIR SE DEFENDE DELE /
    LELI CERQUEIRA ATACA DE NOVO E QUER ENVOLVER SEU IRMÃO -
    Em tempo - Leli Cerqueira foi preso em 89 em Feira de Santana, na casa de dona Maria e de seu Nelito por roubar todos os cheques da familia e falsificar assinatura e sacar todo o dinheiro. Vejo queixas na Policia de Feira. Atualmente se diz professor da UEFS (Universidade Estadual de Feira de Santana) sem nunca ter estado lá. Um grandicíssimo desempregado que precisa de ajuda para se tratar. É um doente. Conseguiu destruir Brisa Marcelino e levar a mãe dela Tereza dos Santos à morte em 2015, por sofrer crime de extorsão.

    Carlos Monteiro Jr, Feira-Ba
    PARA LUIZ ADEMIR SOUZA o assunto agora é com a policia e o ministério público, para o que reuniu mais de 50 nomes (alunos professores, proprietários de imóveis - a maioria tendo com fiadores Leny Mara e ele próprio nestes 20 anos) a fim de fortalecer o processo contra o mesmo, todos vitimas dos seus golpes. Todos os irmãos sofreram golpes do meliante e são eles - Luiz Ademir Cerqueira Souza, diretor geral da UNIP-Salvador, na Bahia, Leda Maragarida Cerqueira Souza, ex-IMUCSAL, Leny Mara Cerqueira Souza (e várias colegas já notificadas pelo Delegado), Lucia Maria Cerqueira de Souza e a mãe dele Nilza Cerqueira de Souza. Todos vítimas. Além de parentes!

    ResponderExcluir
  24. Estas resenhas acima busca traçar comentários enlameados a artigos contidos no livro “Guy Debord: antes e depois do espetáculo”, lançado em 2007 pelos pesquisadores Cristiane Freitas Gutfreind e Juremir Machado da Silva. Aponta certas inconsistências que têm marcado o uso corrente da noção de espetáculo e, no confronto com alguns dos textos em questão, busca advogar a necessidade de se revisitar o pensamento de Guy Debord e do marxismo ocidental para se compreender as sociedades contemporâneas, marcadas por um estágio da acumulação capitalista em que a reprodução constante de imagens midiáticas e a sistematização do cotidiano com vistas ao consumo desempenham um papel essencial. Palavras-chave: Guy Debord; Marxismo Ocidental; Espetáculo. Quando Guy Debord, no finalzinho dos anos 80, afirmava que a “crítica vazia do espetáculo” preferia não denominar este fenômeno enquanto tal, mas chamá-lo de “domínio da mídia”, ele sabia o que estava dizendo. Mais do que uma simples constatação, talvez já estivesse claro para o pensador francês os caminhos que a apropriação da sua teoria tomaria nos anos seguintes. Pois de uma tentativa de compreender (e combater) os efeitos nocivos do novo estágio da acumulação capitalista na vida cotidiana dos indivíduos, 1 Acadêmico do curso de Comunicação Social / Jornalismo da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e bolsista voluntário de Iniciação Científica. PORTELA JUNIOR, A. PARA COMPREENDER A SOCIEDADE ESPETACULARIZADA... Revista Anagrama – Revista Interdisciplinar da Graduação Ano 2 - Edição 3 – Março-Maio de 2009 Avenida Professor Lúcio Martins Rodrigues, 443, Cidade Universitária, São Paulo, CEP: 05508-900 anagrama@usp.br 2 ela foi reduzida a uma mera descrição de uma sociedade repleta de imagens midiáticas, em que os meios de comunicação teriam se tornado o eixo central da organização dos processos sociais, sejam políticos, econômicos ou culturais. De uma noção que buscava apreender (na esteira do marxismo ocidental e, mais especificamente, do marxismo francês, com Henri Lefèbvre) a “colonização da vida cotidiana” empreendida pelo capital – ou seja, a artificialização do dia-a-dia dos indivíduos, povoado agora por imagens e objetos que os integram, através do consumo, mais profundamente ao processo de acumulação capitalista e que os levam a desejar uma vida em moldes não construídos por eles próprios, mas “sonhados pelo sistema” (cf. ROCHA, 2005) –, o conceito de espetáculo, na literatura acadêmica e jornalística corrente, passou a designar simples “excessos midiáticos”: para essa visão, o “espetáculo nada mais seria que o exagero da mídia, cuja natureza, indiscutivelmente boa, visto que serve para comunicar, pode às vezes chegar a excessos”.

    ResponderExcluir
  25. Antes e depois esta coletânea recentemente lançada e organizada pelos pesquisadores Cristiane Freitas Gutfreind e Juremir Machado da Silva, busca fugir destas interpretações equivocadas do pensamento do situacionista, embora nem sempre com sucesso. Composto por nove artigos, de professores renomados e oriundos de diversas universidades brasileiras, o livro oscila de excelentes insights (e isso, em si, já é uma novidade para um pensamento sobre o qual raramente se lança um olhar inédito) a meras reafirmações senso-comum da noção de espetáculo, em que se prefere averiguar sua atualidade por meio da simples confrontação entre frases descontextualizadas e a sociedade contemporânea – atitude bastante comum quando se trata do livro A sociedade do espetáculo, como bem apontou Freire Filho (2003) – do que pela compreensão da complexa lógica subjacente ao raciocínio de Debord e da tradição teórica em que ele se filia. É, neste sentido, um livro bastante heterogêneo, como o deve ser toda boa coletânea – e por isto a resenha vai se limitar àqueles artigos que, a nosso ver, lograram alcançar um olhar diferente para se compreender a importância do pensamento situacionista. Assim, há que se destacar de início o artigo de Cristiane Freitas Gutfreind: “Debord e a melancolia do cinema falado”. Indubitavelmente um dos melhores da coletânea, ao procurar compreender os pressupostos (teóricos e artísticos) de cada filme do pensador francês, ao mesmo tempo em que nos apresenta o contexto em que eles surgiram – ela fala das relações de Debord com Gerard Lebovici e Alice Debord, das dificuldades em se ter acesso aos filmes, do porque de ele ter optado pela não-exibição das películas. PORTELA JUNIOR, A. PARA COMPREENDER A SOCIEDADE ESPETACULARIZADA... Revista Anagrama – Revista Interdisciplinar da Graduação Ano 2 - Edição 3 – Março-Maio de 2009 Avenida Professor Lúcio Martins Rodrigues, 443, Cidade Universitária, São Paulo, CEP: 05508-900 anagrama@usp.br 3 E é também um cinema pensado no interior da própria trajetória do pensador. A autora nos mostra como os filmes de Debord eram instrumentos de ação política, instrumentos para olhar e questionar o mundo, refletindo sobre a espetacularização da vida e as relações complexas do indivíduo (espectador) com as imagens produzidas pelo atual estágio do capitalismo (as mídias, o cinema – a “pseudo-vida”). “Assim”, diz ela, “cada intervenção na cena pública por meio de filmes, livros ou escândalos, era pensada como um momento estratégico do projeto revolucionário... para o qual ele dedicou toda a sua existência” (p. 107) – o que torna Debord não apenas “um teórico da revolução, mas também um prático” (p. 108). Para a autora, a escolha de Debord pelo cinema como meio de expressão se dá em duas vias: uma, de estratégia política, já que o cinema, mais do que qualquer outra arte, participa intimamente do funcionamento do espetáculo – podendo, por isso, tornar-se um instrumento de sua reversão; outra, mais pessoal, relacionada à paixão antiga de Debord pelo cinema. E ela conclui, justificando a “melancolia” do título: “O cinema de Debord é um elogio ao amor decepcionado pelas imagens fílmicas” (p. 115), pois seria no âmbito do cinema em que os indivíduos mais estariam sujeitos a uma pseudo-vida sonhada pelo sistema, indiferentes quanto à alienação de que são vítimas. O artigo de Fabiano de Souza segue a mesma linha. Intitulado “O cinema de Guy Debord: história, análise e comparações heréticas”, ele faz um “corpo a corpo com cada filme” do situacionista, buscando relacioná-los com outras propostas artísticas

    ResponderExcluir
  26. Apontando as relações de Debord com o letrismo, o dadaísmo e o surrealismo, o autor constrói uma interessante teia de embates e influências, que iluminam as maneiras como Debord procurava transpor para as telas suas concepções teóricas. Os pontos altos do texto, nesse sentido, são os momentos em que o autor desvela a meticulosidade do teórico francês ao elaborar cada filme, em que as relações entre imagens seguidas, entre legendas e imagens, imagens e áudio, nunca eram gratuitas, e buscavam todas elas, além da própria reflexão sobre o estágio espetacular da sociedade, despertar no espectador a consciência da sua situação de submissão, fazê-lo se levantar da cadeira confortável e proclamar a autoria sobre a própria vida. Afora esses, outros dois artigos destacam-se na coletânea, ao lançarem olhares diferenciados sobre Debord. Nesse caso, contudo, não para necessariamente elogiá-lo, mas para clamar uma necessidade de se superar o pensamento situacionista. E Juremir Machado da Silva, no seu “Depois do espetáculo”, em que busca revisitar a famosa tese 4 d’A PORTELA JUNIOR, A. PARA COMPREENDER A SOCIEDADE ESPETACULARIZADA... Revista Anagrama – Revista Interdisciplinar da Graduação Ano 2 - Edição 3 – Março-Maio de 2009 Avenida Professor Lúcio Martins Rodrigues, 443, Cidade Universitária, São Paulo, CEP: 05508-900 anagrama@usp.br 4 sociedade do espetáculo, não é nada sutil: “Guy Debord é o homem do século. Passado”. (p. 37). Adotando um estilo de escrita típico da intelectualidade francesa recente – com sua anti-sistematicidade, profusão de frases impactantes e insights extremamente inspirados –, a idéia que subjaz ao texto de Juremir Machado é forte: não mais vivemos no espetáculo, mas no hiperespetáculo. Aquele seria marcado por uma contemplação passiva por parte do indivíduo, do espectador, com relação às imagens midiáticas. Essa contemplação teria como objeto um outro distante, idealizado, “superior” – inalcançável. Seria, portanto, um estágio de manipulação, de “servidão voluntária”. Já no hiperespetáculo, segundo o autor, a contemplação continua. Mas é, agora, uma contemplação de si mesmo em um outro, em princípio, plenamente alcançável, semelhante ou igual ao contemplador. O paradigma deste novo momento seria o Big Brother Brasil, em que a fama parece estar ao alcance de qualquer um, e passamos da “manipulação” à “imersão total”. Seria o tempo da câmera total (ecos baudrillardianos, sem dúvida alguma), que nada inibe nem coíbe, mas apena registra. Positividade, neutralidade absolutas. Seria contra-producente buscar um rigor conceitual em formulações que, propositadamente, fogem a qualquer princípio de sistematização. Mas não podemos deixar de notar que, se seguíssemos as formulações de Debord, a divisão entre espetáculo e hiperespetáculo cairia por terra. Pois tudo que Juremir Machado aponta enquanto característico deste último já está presente nas famosas teses situacionistas. A contemplação das imagens, da “pseudo-vida” (tão reforçada por Debord em seus filmes, com cenas recorrentes de telespectadores deslumbrados numa sala de cinema), não é, em Debord, uma contemplação de algo inalcançável. Pelo contrário: é justamente por apresentar-se enquanto objeto de um desejo alcançável – frise-se: não um desejo que responde a necessidades do indivíduo, mas inculcado nele pelo sistema capitalista –, sem o ser na realidade, que as imagens espetaculares mais diretamente materializam a ideologia do capital (haveria aqui, é claro, uma distinção entre realidade material e ideológica que perpassa o pensamento de Debord, e que vem sendo sistematicamente criticada – mas não é esse o lugar para abordá-la). Mas vem de Francisco Rüdiger, e seu “Guy Debord e a teoria crítica: trajetória, atualidade e perspectivas”, as reflexões mais fecundas de todo o livro (seria coincidência o fato de ele fechar a coletânea?)

    ResponderExcluir
  27. A idéia que perpassa todo o texto é a de que a obra do pensador francês posterior aos anos 70 seria inexpressiva em termos de contribuição PORTELA JUNIOR, A. PARA COMPREENDER A SOCIEDADE ESPETACULARIZADA... Revista Anagrama – Revista Interdisciplinar da Graduação Ano 2 - Edição 3 – Março-Maio de 2009 Avenida Professor Lúcio Martins Rodrigues, 443, Cidade Universitária, São Paulo, CEP: 05508-900 anagrama@usp.br 5 intelectual. A crítica do espetáculo enquanto mediação historicamente construída (pelo capital) entre sujeitos, teria dado lugar à compreensão do espetáculo como sistema de dominação e manipulação. “Debord regride teoricamente diante do avanço social das forças do mercado, sinalizando intelectualmente a crise do movimento esquerdista diante das novas realidades criadas pelo capitalismo”. (p. 163). Rüdiger se apóia especialmente nos Comentários à sociedade do espetáculo, escrito em 1988, para mostrar como Debord passou a viver do mito que se criou a sua volta – e do qual ele próprio seria o maior cultivador; de como sua prosa cedeu espaço a um “maneirismo sóbrio e elegante, embora afetado e virtualmente maníaco, no qual se refugiou uma consciência privatizada por força de não ter havido a Revolução” (p. 169); e de que, no texto referido, “a postura aparentemente soberana e independente camufla muito mal um texto que oscila entre o jornalismo de idéias e o ensaísmo barato, pobre em reflexão crítica e carente de sofisticação intelectual” (idem). A idéia de Rüdiger é instigadora. Diante do exposto, não causa surpresa a conclusão a que ele chega: a crítica da sociedade, a teoria crítica, precisa superar o estágio em que Debord a fixou. Precisamos, sim, ter a sua reflexão da expansão do capitalismo enquanto referência, mas devemos compreender que a situação atual não é completamente idêntica ao final dos anos 60. Ainda que concordemos com o autor, desejamos lançar aqui uma reflexão sobre a importância do pensamento situacionista. O quanto a noção de espetáculo ainda pode nos ajudar a compreender o mundo contemporâneo? Talvez a resposta esteja justamente no próprio movimento teórico que Debord realiza, ao tentar entender que a tal falada “propulsão de imagens” na sociedade atual (na qual a mídia, indubitavelmente, exerce um papel preponderante) integra o movimento da acumulação capitalista, e caracteriza o estágio em que a sistematização do consumo, o “gerenciamento da demanda”, em termos econômicos, desempenha uma função essencial ao garantir o escoamento da oferta da produção. É, pois, exatamente uma compreensão histórica da materialidade do atual estágio capitalista que, a nosso ver, tem faltado aos estudos de mídia no Brasil que se voltam para o tema da espetacularização. O que se tem advogado, correntemente, é a idéia de que a mídia estaria criando uma realidade evidente por si mesma, que segue suas próprias regras e independe de qualquer vínculo com as relações sociais materiais. Erroneamente, se tributa o início de tais formulações a Debord e à noção de espetáculo, quando, na verdade, o que este pensador PORTELA JUNIOR, A. PARA COMPREENDER A SOCIEDADE ESPETACULARIZADA... Revista Anagrama – Revista Interdisciplinar da Graduação Ano 2 - Edição 3 – Março-Maio de 2009 Avenida Professor Lúcio Martins Rodrigues, 443, Cidade Universitária, São Paulo, CEP: 05508-900 anagrama@usp.br 6 mais enfatizava era o fato de o estágio espetacular da sociedade ser o momento em que o processo de acumulação capitalista avança sobre a vida cotidiana com fins de organizá-la para o consumo

    ResponderExcluir
  28. Ao perceber tal fenômeno, ele busca combatê-lo. A nós, talvez faltem ambas as coisas. Nem buscamos discernir as raízes históricas e as conseqüências políticas desse “reino da mídia” (ou “midiatização”, como alguns denominam), compreendendo-o em relação ao movimento geral do capitalismo, nem vemos muitos problemas nessa tão falada “estetização da vida” – que, alias, até nos diverte, seja no dia-a-dia ou na “crítica” (e as aspas são mais que necessárias) acadêmica, que a toma como base para as especializações teóricas tão ao gosto da nossa intelectualidade. Ao se defrontar hoje com uma realidade que guarda semelhanças com àquela teorizada por Debord, a maioria dos nossos intelectuais e jornalistas parece imputar ao marxismo do situacionista uma faixa com os dizeres: “Anacrônico. Esqueça. Passe longe”. E, ao afastar das nossas preocupações as causas materiais e históricas da espetacularização, tal como pensada por Debord e outros autores, desde Roland Barthes, Jean Baudrillard e até Fredric Jameson, temos apenas dois caminhos a seguir: uma celebração impensada e irresponsável do fenômeno; ou uma crítica inócua, que Debord, apropriadamente, chamaria de “crítica espetacular do espetáculo”. Embora os textos de Guy Debord: antes e depois do espetáculo busquem fugir dessa encruzilhada, consideramos que sua leitura só seria adequada após uma apreciação prévia da riqueza teórica contida nas análises do marxismo ocidental, ao qual, é sempre bom lembrar, Debord se filia. Tal movimento, sem dúvida alguma, ao remeter a idéias de alienação e reificação, nos mostraria aspectos da realidade contemporânea que o emprego irresponsável da idéia de espetáculo tem deixado passar. PORTELA JUNIOR, A. PARA COMPREENDER A SOCIEDADE ESPETACULARIZADA... Revista Anagrama – Revista Interdisciplinar da Graduação Ano 2 - Edição 3 – Março-Maio de 2009 Avenida Professor Lúcio Martins Rodrigues, 443, Cidade Universitária, São Paulo, CEP: 05508-900 anagrama@usp.br 7 Referências Bibliográficas DEBORD, Guy. A sociedade do espetáculo: comentários sobre a sociedade do espetáculo. Rio de Janeiro: Contraponto, 1997. FREIRE FILHO, João. “A sociedade do espetáculo revisitada”. Famecos, v. 22, p. 33-45, 2003. GUTFREIND, Cristiane Freitas; SILVA, Juremir Machado da. Guy Debord: antes e depois do espetáculo. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2007. ROCHA, Maria Eduarda da Mota. “Do ‘mito’ ao ‘simulacro’: a crítica da mídia, de Barthes a Baudrillard”. Galáxia, São Paulo, n. 10, p. 117-128, dez. 2005.

    ResponderExcluir

  29. Para com isso Luiz Ademir; conhecemos Leli.......o que é isso ? Um professor como o senhor chegar a esse nível é pq realmente está precisando de tratamento. Gente !!!!!..... conheço todo mundo da família; são pessoas de bem; ele, Ledinha, Leny, Leli e Lucy. Situação ridícula do Luiz Ademir.... Agora creio que os títulos acadêmicos que ele diz que tem não são verdadeiros; pq um educador não se submeteria nunca a certas exposições de conteúdo difamatório.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. policia de olho: leli cerqueira tem varios perfis falsos e voces podem dirigir-se à Delegacia Complexo dos Barris, Crimes Cibernéticos. tem mandato de prisao em aberto. luiz brito cerqueira é da quadrilha - fiquem todos ligados.quem defende lelivaldo cerqueira de souza é do grupo.

      Excluir

  30. POLICIA FEDERAL PROCURA O ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA (O MAIOR GOLPISTA E FALSIFICADOR DA BAHIA)...


    LUIZ ADEMIR SOUZA tenta desviar a atenção da polícia com denuncias de baixo calão com várias pessoas de bem nas redes sociais; a policia depois de tanto tempo descobriu e pode prendê-lo a qualquer momento. LUIZ ADEMIR SOUZA será indiciado e terá sua prisão preventiva decretada a qualquer momento.

    ACESSE O GOOGLE: ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA

    ResponderExcluir

  31. Esse Sr. Luiz Ademir deveria lavar essa boca suja para falar de Leli Cerqueira. Isso é um absurdo a permissão de denegrimento a uma pessoa de caráter e discernimento. As autoridades deveriam punir pessoas dessa natureza suja e encardida.

    Todos nós temos metas e fazemos planos, mas para alcançarmos aquilo que sonhamos, é necessário manter sempre o foco e não atingir pessoas de bem como Leli.

    LELI CERQUEIRA sempre será um homem de bem e todos que conhecem sabe disso. Redes Sociais é uma " merda "; quem tem boca pode falar e denegrir a vontade quem quiser, mas as pessoas que fazem isso pagam aqui na terra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vera silva e leli cerqueira (lelivaldo cerqueira de souza) são da mesma quadrilha. vejam na DELEGACIA BARRIS SALVADOR CRIMES CIBERNETICOS DR CHARLES LEAO E SE INFORMEM

      Excluir
  32. ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    * LUIZADEMIR SOUZA (conhecido como TERROR DA EDUCAÇÃO NA BAHIA ) está tentando a alguns meses desviando a atenção da população baiana com injúriasde conteúdo difamatórios com diversas pessoas de bem. A POLICIA FERERAL já está a procura de LUIZ ADEMIR SOUZA para prendê-lo porque ele está sendo acusado de Formação de Quadrilha, Falsidade Ideológica, Estelionato e Outras Fraudes

    ResponderExcluir
  33. ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    * LUIZADEMIR SOUZA (conhecido como TERROR DA EDUCAÇÃO NA BAHIA ) está tentando a alguns meses desviando a atenção da população baiana com injúriasde conteúdo difamatórios com diversas pessoas de bem. A POLICIA FERERAL já está a procura de LUIZ ADEMIR SOUZA para prendê-lo porque ele está sendo acusado de Formação de Quadrilha, Falsidade Ideológica, Estelionato e Outras Fraudes

    ResponderExcluir
  34. ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "

    ResponderExcluir
  35. ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "

    ResponderExcluir
  36. ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "

    ResponderExcluir
  37. ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "

    ResponderExcluir
  38. ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "

    ResponderExcluir
  39. ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "

    ResponderExcluir
  40. ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "



    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "




    ACESSE O GOOGLE:

    " ESTELIONATÁRIO LUIZ ADEMIR SOUZA "

    ResponderExcluir
  41. LIVIA BONFIM E MELIANTE DO GRUPO DE LELIVALDO CERQUEIRA DE SOUZA (VULGO LELI CERQUEIRA QUE SE DIZ DIRETOR DA L&L PRODUÇÕES. LUIZ ADEMIR JÁ O DENUNCIOU E ELE AGORA É FORAGIDO DA POLICIA POR VÁRIOS OUTROS CRIMES, INCLUSIVE O DE LATROCINIO. ALERTAMOS OS SRS SUDÁRIO CUNHA, GERMANO MACHADO, SENRA DA TV RECORD, NEUZA BORGES, E TANTOS OUDTOS GRANDES NOMES QUE ESTÃO SENDO ASSEDIADOS POR ELE COM HOMENAGENS ETC, VEZ QUE ELE SE DIZ PRODUTOR CULTURAL. AS DELEGACIAS CRIMES CIBERNETICOS BARRIS (DR CHARLES LEÃO) E A 6A. DELEGACIA DE BROTAS (DRA DAIL) ESTAO ´CATANDO O BANDIDO´.

    ResponderExcluir
  42. LIVIA BONFIM E MELIANTE DO GRUPO DE LELIVALDO CERQUEIRA DE SOUZA (VULGO LELI CERQUEIRA QUE SE DIZ DIRETOR DA L&L PRODUÇÕES. LUIZ ADEMIR JÁ O DENUNCIOU E ELE AGORA É FORAGIDO DA POLICIA POR VÁRIOS OUTROS CRIMES, INCLUSIVE O DE LATROCINIO. ALERTAMOS OS SRS SUDÁRIO CUNHA, GERMANO MACHADO, SENRA DA TV RECORD, NEUZA BORGES, E TANTOS OUDTOS GRANDES NOMES QUE ESTÃO SENDO ASSEDIADOS POR ELE COM HOMENAGENS ETC, VEZ QUE ELE SE DIZ PRODUTOR CULTURAL. AS DELEGACIAS CRIMES CIBERNETICOS BARRIS (DR CHARLES LEÃO) E A 6A. DELEGACIA DE BROTAS (DRA DAIL) ESTAO ´CATANDO O BANDIDO´.

    ResponderExcluir